15 janeiro 2010

Oriente Médio: Líderes adventistas clamam pela paz...

Com a erupção da violência entre o Hezbollah, no Líbano, e as forças armadas de Israel, os líderes adventistas do sétimo dia de ambos os lados da fronteira estão suplicando pela paz. No dia 13 de julho, foguetes incendiários dos aviões de guerra de Israel caíram próximos à Escola Adventista de Mouseitbeth, que estava no período de férias de verão. Nenhum ferimento a adventistas locais ou danos a instituições da Igreja têm sido relatado. “Os adventistas libaneses têm suportado pacientemente uma história turbulenta”, diz o presidente da igreja Adventista no Oriente Médio, Kjell Aune. “Nosso prioridade é garantir aos fiéis que estamos fazendo todo o possível para manter sua segurança e manter também abertas as linhas de comunicação para oração e apoio logístico.” O presidente da igreja Adventista em Israel, pastor Richard Elofer, declarou: “Condenamos a morte de pessoas inocentes em qualquer área ou região. Instamos a todo o povo – israelenses, palestinos e libaneses – a seguirem o ensino dos profetas e a tornarem-se promotores da paz”, concluiu Elofer. [Equipe ANN]

http://www.dsa.org.br/asn/materias2006/julho/13.htm

Um comentário:

Pedro Antônio disse...

Muito interessante...

:)


Pedro Antônio